Stu

by Hauser

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
01:20
2.
3.
03:05
4.
02:46
5.
01:07
6.
7.
02:31
8.
03:05
9.
02:15
10.
03:00
11.
02:53

credits

released May 6, 2011

tags

license

all rights reserved

about

Hauser Jaraguá Do Sul, Brazil

Death Grind from Brazil

contact / help

Contact Hauser

Streaming and
Download help

Track Name: Falsa Esperança
Fragmentando um fragmento, cultura já surrada,
esforça de Sol a Sol! Um dia de paz!

Como é bom assistir a velha caixa!
Tantas cores, tantos sons, tantos choques!
Que preenche o vazio entretém!
Aqueles que opinião não tem!

Falsa Liberdade! Somente dor vazia!

Sorriso plástico é o que você tem é fabricado pelo que te entretém

Entre o certo e o errado, o ético ou não
Somos realmente livres?
Olhe com atenção

Sempre o certo e o errado!
Você é ético ou não?
Realmente você é livre?
Para e preste a atenção!

Falsa Liberdade! Somente dor vazia!

Não! não!
Somente mais um tenho o poder de definição
Siga as suas vontades!

Escravidão! Cultural!
Track Name: Lapso
Olhando para trás te contam que histórias! Qual é o seu passado?
Qual é?

Procuro meu caminho. Procuro por respostas.

Não consigo encontrar, nada além de dúvidas
Minha memórias, onde estão?

Me aprofundo cada vez mais. Cavei, me enterrei.
Lapso de consciência. Lapso de consciência

Estou cansado, obcecado
Olhos fechados, escuridão
Estou cansado, obcecado
Olhos fechados, escuridão

Estou cansado, obcecado
Olhos fechados, escuridão

Me aprofundo cada vez mais. Cavei, me enterrei.
Lapso de consciência. Lapso de consciência

Lapso de consciência

Rompi todas as fronteiras
As fronteiras de mim mesmo, as fronteiras da mente

Em busca
De respostas
Eu encontro
Novas perguntas

Exílio do mundo. Eu estou sozinho
Track Name: Deixar
Vejo você!
Seus olhos não são mais os mesmos
O que passou?
Seus olhos não são mais os mesmos
Vejo você!
Seus olhos não são mais os mesmos

Eu te avisei, eu estive lá
Você não, não quis, não, não quis ouvir.

Não a mais como mudar.
As conseqüências de seus atos

E agora deixem, que te levem para seu lar

Todos te viram, não te deram a mão
ouviram seu choro, te deixaram ao chão

Vejo você
O que passou
Raiva e ódio
Vejo você
Track Name: Guerras Assimétricas
Uma idéia simples , arte de Sun-Tzu
Uma bestialidade, guerra irregular

Destruir!
Restringe um espaço para melhor ataque
Destruir!
Derrubar a ordem combater sem noção

Forçando a escolher

Genocídio assumido
Autocontenção debilitante

Covardias sem moral
Hesitação, paralisante

Desequilibrar várias ordens
Usar metodicamente
Poder de fogo não relevante
Guerras de mobilidade

Macabra estratégia

Covardia organizada
Adoção
Guerra assimétrica!!

Um dos lados se arroga do direito de seus crimes
Track Name: Dois Lados
Dúvidas? Algumas!
Porque somos assim?
Sinto que a barreiras entre eu e você
Sinto que estou fraco diante da situação

Minha mente, sem reação o que me tornei? Certo estarei?

Não! sei!

Dúvidas! terei!

Coisa que falei diante de você
Decisões tomadas, decisões passadas

Coisa que falei diante de você
Decisões tomadas, decisões passadas
Track Name: Próprio Fim
Sentado a espera do próprio fim
A esperança dispara no seu peito
Sua mente luta sabendo a verdade
Nada de salvação, nem volta

O caminho foi escolhido
As decisões foram suas
Você poderia ter parado
Agora diz não estar preparado

O inesperado te paralisa

Levante seus olhos
Estes que levarão ódio, medo e dor
É sua vez de sentir
Vou te mostrar o caminho

Nada de voltar, você quem decidiu, você quem se feriu

Levante seus olhos

O inesperado te paralisa

Pense no que você fez
15 segundos e você não vai mais saber onde vai estar
Track Name: Violação
Nenhum barulho
Nenhuma surpresa
Rua vazia, não esconde a beleza

Ter a certeza de estar bem trancado, aconchegado, descansando em paz

No seu lar lâminas não podem cortar
Tiros furar, fogo queimar, mãos abusar
Olhos não vêem, nem bocas julgar

Seu império esta violado, estão ruindo, janelas e portas
Nem correntes, travas e pregos, nada suporta

Ver o medo que surgiu com fim de seu silêncio!

Alarme!

Canino, suas garras, instintos vão explodir, sua pele, suas veias
Te tornando animal

O horror vai entrar em cena e o homem vai sentir o cheiro do seu próprio sangue
Track Name: Simples
Levando a boa palavra, como garantia
Minha idéias impostas, a homens, jovens e velhos

Todos ao meu redor
Em todos os lugares
Todos ao meu redor
Em todos os lugares

Auto-destruição é a ordem

Anos passam e eu renovo a arte de destruir

Minhas armas são simples
Meu poder é convence

Todos ao meu redor
Em todos os lugares
Todos ao meu redor
Em todos os lugares

Medo! Terror!
Pânico! Inferno!

Medo! Terror!
Pânico! Inferno!